Blog

Eu tenho uma pequena empresa. Devo pensar em Marketing Digital?

Eu tenho uma pequena empresa. Devo pensar em Marketing Digital?



A internet se configura como um ambiente de baixo investimento e alto retorno quando o assunto é divulgação de marca, serviços e produtos e por isso o Marketing Digital é altamente viável para empresas de pequeno e médio portes.

Antigamente, para se ter um plano de comunicação eficiente era necessário o desenvolvimento de campanhas caríssimas, que envolviam TVs, rádios, revistas e jornais, e que somente empresas de grande porte poderiam pagar. O Marketing Digital veio justamente para democratizar o acesso a esses serviços, tornando-os praticáveis a qualquer tamanho de negócio, inclusive de profissionais liberais.

No entanto, com a grande exposição a conteúdos invasivos a que as pessoas estão expostas, estas tiveram de se tornar mais exigentes com relação ao que lhes é apresentado, e isso exigiu o desenvolvimento de materiais de maior qualidade, mais eficientes.

Além disso, o fato de poder trocar experiências com outros internautas a respeito de um determinado produto ou serviços, sobre ele ser bom ou ruim, sobre os benefícios que esses produtos oferecem, seu funcionamento, etc, fez com que os compradores tivessem um poder jamais imaginado, e assim a relação vendedor/comprador passou a ser horizontal e não mais vertical, logo, ambas as partes passaram a ter capacidade de equivalência em qualquer negociação.

Se o Marketing Digital é acessível a todos, como devo proceder então?

Estamos falando de meios que apresentarão a sua empresa, produto e/ou serviço 24 horas por dia e essa facilidade deve ser considerada com grande carinho. Assim sendo, independentemente do tamanho da sua empresa, sugerimos basicamente:

  1. Um website funcional, inteligente e que atenda às necessidades de seus clientes;
  2. Um ou dois canais (redes sociais) com presença contínua;
  3. Comprometimento com o controle de resultados;
  4. Comprometimento interno para um atendimento eficaz.

Vamos falar um pouco mais sobre esses itens:

1. O Website

Basicamente um site deve ser relevante para o seu cliente. Ele deve gerar valor real para o seu público, oferecer informações importantes, dar suporte, mas também identificar a pessoa que está procurando a sua empresa. O Marketing Digital tem algumas ferramentas que auxiliam nessa tarefa, permitindo altas taxas de controle e, melhor ainda, alto retorno sobre o investimento de tempo e dinheiro na comunicação.

Não podemos esquecer que todo site deve ser desenvolvido respeitando as regras de webstandards, que são os parâmetros de programações que tornam um site totalmente amigável com os algoritmos Google e de tantos outros buscadores.

2. Redes sociais – Blog / Facebook / Instagram / Twitter / Linkedin / Outros

Reforçando o trabalho do site, esses canais lhe permitirão mostrar ao público que você é um participante ativo na comunicação da sua empresa, que está próximo e que constantemente trabalha pensando em como ajudar o seu cliente, oferecendo soluções, produtos e serviços adaptados a cada necessidade. Além disso, esses canais lhe permitem mostrar a sua capacidade técnica como especialista sobre o assunto, logo, atribui a você e à sua empresa a credibilidade necessária para concretizar um negócio que até então era dúvida.

3. Comprometimento com o controle de resultados

Quando se está na internet é possível se obter inúmeros dados sobre quem o procura: nome, endereço de e-mail, perfil de navegação, interesse, entre outros. E todos nós sabemos que informação é poder, neste caso, de negociação. Saber que uma pessoa está interessada em seus produtos, que ele entrou no seu site mais de uma ou duas vezes, que horas ele faz isso, que ele segue seus canais e lê suas notícias... Tudo isso lhe dá uma enorme vantagem com relação à concorrência. Basta atitude para fechar o negócio.

4. Comprometimento interno para um atendimento eficaz

E por falar em atitude... Sua empresa e a sua equipe devem estar prontos para atender. Em posse dos dados citados no item anterior, a empresa deve ter uma equipe treinada para responder a todas as possíveis dúvidas de um cliente e um plano de ação e de negociação para seduzir e reter esse cliente. Estar disponível, ser proativo e possuir soluções flexíveis que atendam a qualquer necessidade no seu setor configuram uma receita de sucesso de vendas.

Além disso o Marketing Digital ainda:

  • É mensurável: ao permitir o controle dos resultados de cada campanha e saber o que funciona e o que não funciona, é possível direcionar melhor os investimentos no que realmente dá retorno;
  • É segmentável: possibilita promover ações com foco em públicos mais específicos;
  • É mais rentável: seja por meio de busca orgânica no Google ou de forma viral via email e redes sociais, é possível atrair potenciais clientes de forma gratuita e crescente para o seu site;
  • É mais efetivo junto à audiência: por meio da produção de conteúdos relevantes, o Marketing Digital possibilita a construção de uma base de seguidores que ao longo do tempo se torna um ativo de marketing fundamental para a empresa;
  • Tem ótimo custo-benefício: a combinação de todas as características acima faz com que o Marketing Digital permita que se atinja bons resultados mesmo a partir de baixos investimentos.

Para as Pequenas e Médias Empresas, esses benefícios são ainda mais evidentes, já que em geral elas dispõem de poucos recursos para promover os seus produtos e serviços. A Internet é o meio mais promissor onde boas ideias têm mais valor do que o dinheiro em si.

Se você quiser saber mais a respeito de como essas ações podem ser ampliadas e ainda mais eficientes...

Fale com a nossa equipe


marketing digital,redes sociais,estratégia digital,estratégia internet

Comentários